Dica de Desenho – Perspectiva com 1 ponto de fuga

  • HEY galera,

    Trabalhar com perspectiva é algo que muitas pessoas acham chato, motivo pelo qual muitos desenhistas detestam fazer ou ignoram os cenários, visto que o desenho de cenários está diretamente ligado ao uso de perspectiva. Mas assim como outras coisas chatas na vida, tipo estudar e trabalhar, a perspectiva é uma parte muito importante do desenho.
    E quando falamos de perspectiva sempre falamos sobre ponto ou pontos de fuga.

    Para quem nunca ouviu falar disso na vida, ponto de fuga é um lugar (marcado por um ponto) de onde todas as linhas paralelas estruturais do seu desenho sairão/se encontrarão, ele guiará a visão tornando a posição dos objetos do seu desenho mais corretas, trazendo a noção de profundidade e tridimensionalidade que seu desenho precisa para ser mais real.

    Normalmente é utilizado para superfícies retas, mas também é necessário para desenhar objetos de formatos irregulares, porém nestes, seu uso é um pouco mais difícil.

    Um exemplo clássico para se entender o funcionamento do ponto de fuga é observar um chão com pisos quadrados de mesmo tamanho. Porém ao observá-lo perceberá que eles vão diminuindo de tamanho gradativamente conforme a distancia, e que apesar de serem quadrados eles parecem formas mais triangulares agora, pois suas linhas paralelas estão se unindo conforme a distancia. Perceba que seguindo essa direção, em dado momento as linhas realmente se unirão, chegando a um ponto, e este é o chamado ponto de fuga.

    Para trabalhar com ele você precisa ter a noção de horizonte, que é a linha máxima de “terra” que você consegue enxergar, porém num mundo circular como o nosso ela é inalcançável e intangível. A partir do momento que você sabe onde a linha do horizonte do seu enquadramento está, você saberá onde encaixar o seu ponto de fuga de acordo com o ângulo de visão que você está se pretendendo a fazer.

    Neste vídeo trabalharei com apenas 1 único ponto de fuga, pois é possível trabalhar com 2 ou 3 também (que falarei em outros vídeos), e existem representações com 4 pontos de fuga diferentes, porém estas eu também não consigo entender (risos).

    Para representar de forma simples o uso de 1 único ponto de fuga, vou desenhar um corredor, acho que será suficiente para conseguir passar o conceito de perspectiva de maneira prática e compreensível.
    Vamos ao vídeo:

    Segue a imagem do desenho feito no vídeo:

    Corredor Perspectiva exemplo

    Posts Relacionados

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *